Exemplos para manter a boa vizinhança durante a construção ou reforma | Veronese Empreendimentos Pessoais

Imóveis

2 de setembro de 2020

Exemplos para manter a boa vizinhança durante a construção ou reforma

Saiba como construir uma relação saudável com seu vizinho desde o início

Foto de revestimentos sendo colocados no studio decorado do Edifício Moove pela França Revestimentos.
Instalação de revestimento no studio decorado do Edifício Moove, em Cascavel. (Reprodução/França Revestimentos)

A expressão popular já nos avisa: gentileza gera gentileza. E é bom lembrar que seu vizinho é a pessoa mais próxima que pode te ajudar em momentos de necessidades simples, como a falta de um ingrediente no meio de uma receita, ou de emergências mais sérias.

É ele também que pode embargar seu projeto com uma denúncia na prefeitura. Logo, é seu dever cuidar para não estragar o patrimônio dele, manter as áreas comuns limpas e, principalmente, respeitar os horários de silêncio estipulados pelo condomínio.

Pensando em te ajudar a cumprir essa tarefa, separamos algumas dicas e exemplos para manter a boa vizinhança deixando seu vizinho ciente da situação. Além de tentar compensá-lo por todos os transtornos que obras trazem.

Boa vizinhança se faz assim

O ideal é escrever um bilhete, que pode ou não ser breve, com informações sobre a construção ou reforma, como a data de início, término, os horários em que ela vai ocorrer, um telefone para contato e o número do apartamento ou casa.

Se preferir, você pode mimar seu vizinho, afinal, todo mundo ama quando recebe um mimo, ainda mais quando é um quitute, não é mesmo? Existem opções das mais caras às mais baratas, como cupcakes, caixa de bombons, barras de chocolate, pães e geleias. Ou, ainda, há a opção de entregar uma plantinha para seu vizinho, seja um vaso de flores ou uma suculenta, aliás, plantas são tendência para decorar ambientes.

Exemplos para se inspirar

Encontramos três exemplos para manter a boa vizinhança de uma forma simples e que deixa seus vizinhos felizes.

WeWork e IBM

Em 2018, a WeWork, rede de escritórios compartilhados com unidades em mais de 30 países, estava construindo sua unidade no bairro de Botafogo, no Rio de Janeiro. A questão é que a empresa percebeu que a obra estava incomodando os vizinhos do prédio ao lado, ocupado pela International Business Machines, a IBM.

Leia também: Tendências que podemos aprender com os grandes centros.

Para tentar amenizar a situação, próximo ao horário de almoço dos funcionários da IBM, a WeWork enviou uma carta e 200 bolinhos de chocolate para os vizinhos. O resultado deste gesto gerou várias publicações positivas sobre a WeWork e ainda ajudou na divulgação da chegada da empresa ao bairro.

Um dos exemplos para manter a boa vizinhança com a IBM, praticado pela WeWork.
Posts das redes sociais dos funcionários da IBM. (Reprodução/Marcela Ritton)

Vizinho da casa amarela

Assim como muitas crianças, o Murilo brincava de bola e às vezes ela passava pelo muro e caía no vizinho. No ano passado, quando novas moradoras se mudaram para o local, o menino enviou a elas, pelo muro, um bilhete pedindo desculpas, sem que a mãe dele soubesse. As vizinhas responderam, devolveram os brinquedos e deram bombons para o Murilo e a irmã. Confira:

Foto de um dos exemplos para manter a boa vizinhança praticado pelo Murilo de Anápolis, Goiás.
Bilhete feito pelo Murilo com o pedido de desculpas às vizinhas. (Reprodução/G1)

Hotel da boa vizinhança

Há alguns anos, um hotel daqueles que ocupam um quarteirão inteiro começou a ser construído e, provavelmente, incomodaria os vizinhos de uma grande área do bairro próxima a ele. A gerência do hotel enviou uma caixa de bombons acompanhada de uma carta com um pedido de desculpas pelos transtornos gerados pela construção. A Revista Veja publicou em 2017 que, quando o empreendimento foi inaugurado, todos os vizinhos foram convidados não somente para conhecê-lo, como também para jantarem no local.

Veja
Também

Related Posts

None found

ACOMPANHE
NOSSOS SONHOS.

Receba nossa newsletter.

LIGUE PRA GENTE