Decoração modernista e seus tons artísticos | Veronese Empreendimentos Pessoais

Decoração

21 de maio de 2018

Decoração modernista e seus tons artísticos

Assim como móveis e objetos que decoravam os ambientes das décadas de 1930 e 1960 estão de volta, a paleta de cores modernista, com tons poderosos e sofisticados, também voltou. Junto a essas cores que têm influências da arte moderna, com tons mostarda, terrosos, frutados e vibrantes, vêm também a criatividade e a ousadia que fazem com que o uso das cores seja muito mais explorado dentro de casa, o que inclui não apenas colorir as paredes, mas também abusar de objetos coloridos e contrastantes.

Com ousadia, superfícies inusitadas como o teto complementam a decoração cromática.

Dentre os tons modernistas que estão em alta, os terrosos como o castanho fechado da foto acima e o laranja damasco da foto abaixo são ideais para contrastar com elementos tropicais, trazendo um ar mais leve e descontraído ao ambiente. Nesse momento, pode soltar a criatividade e abusar da mistura de cores fortes e suaves de forma harmônica.

Elementos tropicais se harmonizam com cores terrosas.

Abusar de tons vibrantes e cheios de personalidade inclui trazer mais cor a todos os cantos da casa, seja em objetos ou móveis.

Assim como os tons terrosos, tons profundos e escuros compõem uma paleta muito em alta no momento que tende a continuar. O vermelho cobreado, bastante sofisticado, aquece ambientes e traz um ar retrô e intimista por meio de pequenos objetos, paredes ou móveis.

Com criatividade e ousadia, as cores incrementam e transformam completamente qualquer ambiente. Aproveite as dicas de tendências e renove os tons da sua casa!

 

Veja
Também

Related Posts

None found

ACOMPANHE
NOSSOS SONHOS.

Receba nossa newsletter.

LIGUE PRA GENTE